25 abril

Começamos este roteiro por Aljustrel, que apresenta Monda e Fernando Daniel, na Praça da Resistência antes do tradicional fogo de artifício.

Em Almodôvar, a noite de 24 é com o Duo “Andarilhos da Liberdade”, na Praça da República, seguida de espetáculo pirotécnico na Ponte da Entrada Sul.

Alvito apresenta Modas de Abril e fogo de artifício, na Praça da República.

Em Barrancos, as comemorações são no Salão de Festas, com um baile que antecede o fogo de artifício na rua.

Castro Verde propõe o grupo Alentejo Cantado, a Banda Filarmónica 1º de Janeiro e a fadista Sara Gonçalves para o Cineteatro Municipal, em seguida há arruada em direção ao Largo da Feira onde decorre o fogo de artifício.

Em Cuba, as comemorações começam com atuação de Grupos Corais do concelho, prosseguem com poesia, com Ana Ademar e Banda da Sociedade Filarmónica 1º de Dezembro, no Largo Cristóvão Colon, local onde é lançado também, o fogo de artifício.

Ferreira do Alentejo sugere um espetáculo no Jardim Público com o grupo Opoente e outro piromusical à meia noite.

Em Mértola há espetáculo comemorativo do 25 de Abril com Grupo Contrabando Apresenta Zeca, na Praça Luís de Camões.

Moura sugere o espetáculo musical “A Cantar o Festival da Canção”, no Parque de Feiras e Exposições seguido de fogo de artifício.

Em Odemira atuam os HMB, no Largo Brito Pais, segue-se o habitual festival piromusical e depois da meia noite atua João Pedro Pais e Dillaz, depois das 02.00 horas.

Ourique sugere para a noite de 24, na Biblioteca Municipal, o espetáculo "As Portas que Abril Abriu" de Napoleão Mira & Reflect.

O Cineteatro Municipal de Serpa recebe atuações dos grupos corais e intervenção do presidente da Câmara, Tomé Pires. A noite encerra com um espetáculo piromusical.

Em Vidigueira a noite é com música ao vivo com Fernando Pardal e Zé Pedro Grazina e a partir da meia-noite há transmissão em direto de canções de intervenção da Rádio Vidigueira, pelo Grupo Coral da Vidigueira.


Comente esta notícia