Foto CONSUMO

De acordo com os resultados do estudo Observador Cetelem Consumo 2017, 38% dos consumidores nacionais referem que o seu poder de compra se mantém estável.

As conclusões do Observador Cetelem Consumo 2017 apontam para a diminuição do número de portugueses que consideram que o seu poder de compra baixou. Se em 2016 o total de consumidores nacionais com essa perceção tinha atingido 57%, em 2017 o valor baixou 11 pontos percentuais e ficou-se pelos 46%. Este é um número acima da média global dos 15 países inquiridos no âmbito do estudo, que é cerca de 37%.


Comente esta notícia