Montras S.Luís

A iniciativa apresenta “uma grande diversidade de projetos artísticos nas ruas e nas montras das lojas, em funcionamento ou já fechadas, que se transformam em espaços expositivos que vão dar a conhecer o pulsar criativo” de S.Luís, tal como explica a autarquia de Odemira.

Neste fim-de-semana, entre as 18.00 e as 24.00 horas, a 4ª edição das Montras oferece uma vasta oferta cultural que passa pelas artes plásticas, artes visuais, cinema documental, música, poesia, performances, workshops, artesanato e uma mostra de produtos locais.

Este evento é promovido pelo movimento Transição São Luís e a comunidade local – artistas, artesãos, lojistas e habitantes de São Luís, Ateneu do Catorze, Cultivamos Cultura e a Destilaria do Ferrador, com o apoio do Município de Odemira, Junta de Freguesia de São Luís, Casa do Povo de São Luís e Sociedade Musical e Recreativa Sanluizense.

O evento Montras é um exemplo de organização comunitária, independente, sem fins lucrativos nem apoios financeiros, durante o qual a Aldeia de São Luís se transforma num Centro de Artes e convívio.

Todos os participantes doam a sua arte ou trabalho de forma voluntária, para fazer acontecer as MONTRAS, com o objetivo de “Estimular a valorização da comunidade da Freguesia de São Luís, a promoção da coesão comunitária e entreajuda, bem como o fortalecimento da resiliência e sustentabilidade local e regional”.




Comente esta notícia