João Rocha Foto Presidente da Câmara de Beja

Na nota que o presidente da autarquia bejense escreveu aos munícipes sobre o balanço destes dois anos de mandato, e aludindo ao esforço prévio que foi necessário fazer de planeamento, de meios e de financiamento, começa por referir que existem obras já terminadas, e visíveis em todo o concelho, outras em curso e muitas em plano, ou seja que "Beja está em mudança".

João Rocha prossegue recordando que devolver Beja aos seus habitantes é um dos objetivos deste Executivo e que para o atingir já foram qualificados espaços, realizados eventos e ações que envolveram a população e que animaram, e deram vida, ao centro histórico. Destas realizações e ações destacou a Beja Romana, o Cortejo Histórico e a RuralBeja, que nas suas palavras, se soube impor, ganhando o seu lugar a nível regional e nacional.

O trabalho com todos os agentes e instituições do concelho é assumido também, neste balanço, como uma das principais atuações deste Executivo e neste contexto, João Rocha chama a atenção para o aprofundamento de laços e estabelecimento de parcerias com os mesmos, dizendo que teve como resultados, o desenvolvimento integrado e a criação de emprego. Continuou relevando, igualmente, o trabalho estreito desenvolvido com as juntas de Freguesia, o apoio concedido às escolas/infância e juventude, assim como a intervenção expressiva no plano social e de proximidade.

O presidente da Câmara diz ainda, que a revitalização, e a requalificação, do centro histórico é uma das mais importantes estratégias deste Executivo e destacou o amplo trabalho de investigação arqueológico que se está a levar a cabo e que resulta desta estratégia.

"Sentido de dever cumprido no serviço prestado à população" é assim que João Rocha termina a nota que dirige aos munícipes do concelho de Beja, no balanço que faz destes dois anos de mandato, frisando que "... as reações que se têm obtido convidam a continuar...".


Comente esta notícia

O Sr Presidente podia gastar um bocadinho menos em festas, foguetes e maquinas de alcatroar para dar incentivos à natalidade adoptando medidas como a redução do IMI para famílias com um ou mais filhos....

Bruno Alves

30/11/-0001