Por Beja com Todos

O Movimento "Por Beja Com Todos" propõe que, logo no início do próximo mandato, seja feita uma avaliação externa às contas do Município e das empresas municipais, atestada por uma comissão de acompanhamento, constituída por eleitos das diversas forças políticas e aprovada pelos órgãos autárquicos.
Para o Movimento é fundamental para a confiança das pessoas no Município que este tenha uma gestão rigorosa e transparente, pelo que não podem subsistir e muito menos, serem alimentadas dúvidas, quanto ao estado das suas contas, assim como, das empresas municipais.
Lopes Guerreiro, cabeça de lista do Movimento, afirma que esta de ser uma questão de "princípio".
Ainda de acordo com Lopes Guerreiro com uma avaliação evita-se que a situação financeira seja utilizada como "arma de arremesso" entre os novos e os anteriores Executivos como tem acontecido, em Beja, ao longo deste mandato sem ninguém conhecer exactamente as contas do município.
Ainda segundo o "Por Beja com Todos" este confronto chegou ao "cúmulo" da candidatura do PS utilizar como um dos seus principais argumentos da campanha eleitoral o valor de 11 milhões de euros de dívida que terá pago, não sustentado em números oficiais.


Comente esta notícia