Feira das bibliotecas Beja

As Bibliotecas Públicas são “o centro local de informação, tomando prontamente acessíveis aos seus utilizadores o conhecimento e a informação de todos os géneros” te tem como missões chave a alfabetização, a educação e a cultura". E a “Feira das bibliotecas” coloca em evidência estes propósitos ao revelar, nas 13 bibliotecas da CIMBAL, ao longo deste ano, a importância que as mesmas assumem, cada vez mais, na comunidade onde estão inseridas. Na Biblioteca de Beja, para além dos serviços habituais, pode apreciar, até 6 de abril, uma exposição interativa, conhecer escritores, participar em atividades para pais e filhos e assistir a espetáculos de poesia, música e literatura.

A primeira Biblioteca a abrir as suas portas à “Feira das Bibliotecas” foi a de Beja e na inauguração do evento participou, em representação da Direção Regional de Cultura do Alentejo, Deolinda Tavares, que leu a mensagem que Ângela Ferreira, secretária de Estado da Cultura fez questão de escrever para o evento, valorizando este projeto e os seus objetivos.

Jorge Rosa, presidente do Conselho Intermunicipal da CIMBAL, relevou, na abertura da feira, o trabalho em rede que este projeto proporciona, dando a possibilidade às 13 bibliotecas dos 13 municípios da Comunidade Intermunicipal do Baixo Alentejo poderem mostrar o trabalho que desenvolvem junto das suas comunidades. Acrescentou que este é mais um projeto que mostra a intermunicipalidade que tem estado a ser promovida.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, realçou, nas palavras que proferiu na inauguração do evento, a dinâmica da Biblioteca Municipal da cidade e o facto, deste projeto mostrar o que se faz nas 13 bibliotecas da CIMBAL. Frisou, ainda, que a Biblioteca de Beja apresenta um programa de excelência até 6 de abril.

Foi Carlos Fiolhais, o conhecido físico, quem falou, na Biblioteca de Beja, sobre a importância da leitura no crescimento do ser humano. Carlos Fiolhais assegura que os livros são “uma grande invenção que pôs os cérebros a comunicar” e “que, de uma forma compacta, nos levou à revelação e ao conhecimento”.

A organização da “Feira das Bibliotecas” está a cargo da Rede Intermunicipal de Bibliotecas do Baixo Alentejo, constituída em 2018 pela CIMBAL e pela DGBAL-Direção-geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas. A iniciativa, que resulta de uma candidatura aprovada pelo ALENTEJO 2020, decorre, de forma itinerante, nas bibliotecas públicas dos 13 municípios da CIMBAL e tem como objetivo promover o trabalho desenvolvido pelas mesmas junto das pessoas das suas comunidades.


Comente esta notícia