João Dias

João Dias diz que ouviu dos agricultores, na visita que fez à Ovibeja, preocupações relacionadas com os apoios que tardam e que são fundamentais para suportar os investimentos que fizeram para fazer face à seca. 

Relativamente à carta aberta, subscrita por diversas entidades, a reivindicar as acessibilidades necessárias à região, ainda na reprogramação do Alentejo 2020, João Dias frisou que são pretensões justas, mas recordou que questionou o Governo sobre a eletrificação da linha férrea Beja/Casa Branca e a rodovia e que ficou claro na resposta que os investimentos não estão assegurados.

No que se refere à Ovibeja, João Dias relevou o facto, deste ser um, certame consolidado, de dimensão nacional e internacional, que espelha a dinâmica agrícola do Alentejo e do país.


Comente esta notícia