Florival Baiôa

O convite que é feito é que os “amigos” e todos aqueles que gostam do trabalho da ADPBeja se tornem sócios, perante uma quota anual de 12 euros.

A Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja, fundada a 16 de Fevereiro de 1979, surgiu da necessidade urgente de criar estruturas que sensibilizassem as instituições públicas, privadas e populações para a preservação do património cultural, assim como de organizar mecanismos próprios que zelassem pelo restauro e conservação do património artístico e cultural de Beja.

Florival Baiôa, presidente da ADPBeja afirma que esta campanha surge no âmbito do 40º aniversário da Associação. Ainda segundo Florival Baiôa, com um aumento no número de sócios a ADPBeja fica naturalmente mais forte e explica aquilo que é preciso fazer para quem quiser fazer parte da Associação.


Comente esta notícia