Associação de Defesa do Património de Mértola

Naquele documento é referido também, que a ADPM espera potenciar o seu trabalho através de rede organizada de estruturas científicas e tecnológicas de âmbito regional, seja através da formação de parcerias, da geração de sinergias que potenciem a otimização das capacidades instaladas, partilhando recursos e criando equipas de investigação e desenvolvimento com dimensão adequada de modo a dar resposta a solicitações, promovendo candidaturas conjuntas a programas de financiamento de projetos de investigação e de desenvolvimento tecnológico e a infraestruturas de apoio.

Esta Rede foi criada em finais de 2008 pela Universidade de Évora e tem trabalhado com afinco no desenvolvimento tecnológico ao serviço de outras áreas, como a agricultura, o ambiente, e o desenvolvimento, áreas em que a ADPM se insere e espera vir a cooperar, frisa, igualmente, o documento enviado à nossa redação.


Comente esta notícia