mata vrsa

Esta Mata perfila-se assim para receber um selo de “ÁREA INHERITURA”  que tem como objectivo promover zonas em que a protecção do património natural representa uma mais-valia para desenvolver actividades turísticas sustentáveis.

As zonas elegíveis devem satisfazer critérios específicos obrigatórios para que lhes seja atribuído o selo INHERITURA, sendo que as directrizes de classificação destas áreas assentam em quatro categorias, medidas de gestão e protecção ambiental, actividades de valorização e promoção, governação e planeamento estratégico e actividades de educação e sensibilização.

Esta iniciativa resulta de um trabalho conjunto do ICNF-Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, da Associação Odiana promovido pela ADPM-Associação de Defesa do Património de Mértola com o apoio do projeto europeu INHERIT. No âmbito do projecto, está também em preparação, uma nova sinalética para o Trilho da Aldeia Nova e o percurso de VRSA a Monte Gordo, atravessando a Mata.

O Projeto INHERIT - Estratégias Turísticas Sustentáveis para Conservar e Valorizar o Património Natural Mediterrânico e Marítimo conta com a ADPM Mértola como uma das entidades parceiras, e é co-financiado pelo Interreg MED Programme através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.


Comente esta notícia