Premio ADPM

Aquela distinção foi atribuída ao projecto Sobre Rod@s e tem para a ADPM uma tripla dimensão, de acordo com as declarações prestadas à Voz da Planície pelo presidente da ADPM Jorge Revez.

Em primeiro lugar, frisou Jorge Revez, porque reconhece o esforço e a dedicação de várias pessoas e organizações, de voluntários e técnicos, que de forma abnegada e desprendida contribuíram para uma sociedade mais justa e solidária, mais responsável e confiante. Acrescentou que o prémio reconhece o mérito, igualmente, do envolvimento dos próprios participantes. Prosseguiu referindo que um segundo aspecto, prende-se com o trabalho que se faz no interior do país e o facto de ser um reconhecimento que amplia a voz e a presença de quem está muito longe da cidade grande, onde tudo se decide, e fora dos círculos de influência dos mais variados poderes, sendo por tudo isto também, motivo de orgulho, sobretudo pela figura que homenageia e por ter sido atribuído ao interior do Alentejo.

Jorge Revez explicou ainda, no que consiste o projecto que levou a ADPM a ganhar aquele prémio, destacando o facto do mesmo ter promovido a intergeracionalidade, o envelhecimento activo e o retirar dos idosos do isolamento.

O presidente da ADPM frisou que o projecto Sobre Rod@s foi datado no tempo, abrangendo os anos 2010 e 2011, que teve o apoio da Fundação EDP, mas que a associação que preside prosseguiu com o mesmo depois daquelas datas. Jorge Revez revelou que o prémio pecuniário de 10 mil euros ajuda agora a ADPM a continuar com aquele projecto nos próximos meses.

 

Comente esta notícia