Estrada Municipal - São Brissos

Segundo o comunicado, ao longo destes 5 anos de actividade, foram  efectuadas operações comerciais exploratórias que resultaram da cooperação entre a ANA, as entidades do Turismo e Operadores. No entanto, apesar dos esforços efectuados, a diminuta procura por parte da aviação comercial levou a repensar a actividade deste Aeroporto e a vocacioná-lo para outro tipo de operação.

Assim, a ANA afirma que tem apostado na implantação de actividades de natureza industrial naquela infraestrutura, capazes de gerar investimentos e criar postos de trabalho, nomeadamente a manutenção e desmantelamento de aeronaves e o estacionamento de aeronaves de média-longa duração.

No documento é ainda revelado que na sequência da estratégia de forte dinamização comercial que a ANA tem vindo a desenvolver para o segmento de estacionamento de média-longa duração na infraestrutura aeroportuária do Alentejo, estão em curso contactos com outras companhias aéreas, que poderão vir a apresentar resultados positivos no curto prazo.

A ANA anuncia, no âmbito do acordo celebrado com a GALP Energia que permitiu baixar o preço do combustível de aviação no Aeroporto de Beja, tornando-o idêntico ao preço praticado no Aeroporto de Lisboa, que vai investir, no decorrer de 2016, na construção de novas instalações para o parqueamento das viaturas de abastecimento de combustível Jet A1, tendo em vista a melhoria significativa das condições actualmente existentes.

Finalmente, é afirmado que o Aeroporto de Beja é um investimento estratégico, não só para a região do Alentejo, como também para o País e para a ANA e que as iniciativas tomadas ao longo destes 5 anos revelam a aposta da Empresa na sua dinamização, comprovam a eficácia da estratégia que a entidade gestora tem seguido e garantem não só a sua sustentabilidade futura, como a criação indirecta de emprego sustentável.


Comente esta notícia