banca livros

No evento, que atrai todos os anos, centenas de visitantes, vão estar presentes “dezenas de editoras nacionais, com uma grande variedade de temas e géneros literários”, explica a autarquia aljustrelense.

De forma a “enriquecer o espaço”, ao longo destes dias, vai ser apresentado “um programa cultural e musical”, que tem início hoje, às 18.30 horas, com um encontro com a poesia do concelho de Aljustrel, organizado pelo projeto “É Agora 3G”, seguido pela atuação do grupo de música popular “Maravilhas do Alentejo”.

No sábado, dia 26, às 17.00 horas, será promovida a sessão “Saudável quanto baste: Comida com história – Avós e netos na cozinha” com Maria do Céu Assunção Capela, acompanhada de um pequeno atelier de cozinha.

Domingo, 27, às 16.30 horas, Isabel Galope vai dinamizar um atelier de encadernação de livros, e às 18.00 horas, será apresentado o livro “Contos Assesta – Água”, da Associação de Escritores do Alentejo. A sessão contará com a atuação do grupo de Violas da Universidade Sénior.

Na segunda-feira, dia 28, às 10.00 horas, será representada a peça de teatro “Corre, corre Cabacinha!” pelo Grupo de Teatro Papa-Léguas, destinada às crianças do pré-escolar e 1.º ciclo.

Na terça-feira, dia 29, às 15.00 horas, serão desenvolvidas atividades plásticas com idosos, comemorativas do centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen.

Como já é tradição, durante o fim-de-semana, o Parque de Exposições e Feiras, também, vai acolher, a Feira Nova com as suas barraquinhas com nozes, castanhas, figos e outros produtos característicos da época, mas igualmente, com os mais variados artigos desde roupa, sapatos, enchidos, queijos, produtos artesanais, entre muitos outros.


Comente esta notícia