Manifestação Professores

No Alentejo a greve geral dos professores está rondar os 90% e nas escolas de Aljustrel e Mértola não foi possível realizar os exames nacionais de Português do 12º ano, os dados foram revelados à Voz da Planície por Joaquim Páscoa, presidente do Sindicato de Professores da Zona Sul.
O Ministério da Educação já revelou que os alunos que hoje não conseguiram fazer exames vão ser chamados novamente para prestar provas a 2 de Julho.
Ainda segundo Joaquim Páscoa na próxima 5ªfeira vão e decorrer plenários na área de intervenção da estrutura sindical que representa para aferir a disponibilidade dos professores em continuar a luta.
Os sindicatos já fizeram saber que a luta poderá prolongar-se por mais tempo se o Ministério tutelado por Nuno Crato continuar a fazer "orelhas mocas" às reivindicações dos docentes.
A mobilidade especial e o aumento do horário de trabalho dos docentes são as principais reivindicações mas o protesto surge ainda devido aos "despedimentos", contra os cortes salariais e em defesa da escola pública e das demais funções sociais do Estado.



Comente esta notícia