Rota pela Floresta

Aljustrel foi um dos 70 municípios do país, que manifestou interesse neste projeto, que pretendeu constituir-se numa ação catalisadora de sinergias entre as escolas, a autarquia e outras entidades, com o principal objetivo de agir pela proteção dos ecossistemas existentes no concelho, com particular enfoque na floresta.

As características da rota, as entidades envolvidas, a comunicação e divulgação e a avaliação da atividade foram os critérios subjacentes a este prémio.

Recorda-se que, em março deste ano, mais de 300 crianças e alunos participaram nesta iniciativa, durante a qual plantaram cerca de 600 árvores em vários pontos do concelho, numa parceria entre a Câmara Municipal de Aljustrel e o Agrupamento de Escolas de Aljustrel (Eco-Escolas), a GNR, os bombeiros, as juntas de freguesia, a Santa Casa da Misericórdia de Aljustrel (Jardim de Infância “A Borboleta”), a Engenho e Arte (CAPI), a Universidade Sénior de Aljustrel, a secção de BTT do Centro Republicano de Instrução e Recreio Aljustrelense (CRIRA) e ainda, com as empresas de Aljustrel, Orica Mining Services Portugal, SA, Almina-Minas do Alentejo, SA e EPDM – Empresa de Perfuração e Desenvolvimento Mineiro, S.A.


Comente esta notícia