ovibeja cartaz 2019

Organizado pela ACOS – Associação de Agricultores do Sul, o seminário conta, na abertura, com a participação de Filipe Duarte Santos, presidente do Conselho Nacional do Ambiente e do Desenvolvimento Sustentável; Ricardo Campos, do The Climate Reality Project; Cristina Branquinho, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e Paulo Canaveira, do Instituto Superior Técnico. O tema desta primeira sessão incide sobre “Alterações Climáticas – Impactos e Estratégias” e tem como moderador Nuno Lacasta, presidente da Agência Portuguesa do Ambiente.

Claudino Matos, diretor-geral da ACOS, explica os objetivos desta que é a sessão que faz o enquadramento do tema.

“Alterações Climáticas – Impactos na Agropecuária e Floresta Mediterrânica” é outro dos temas a abordar na tarde do dia 26 de abril, tal como explica Claudino Matos.

A sessão 3, programada para a manhã de 27, incide sobre “Alterações Climáticas – Impactos no Olival e na Vinha”. A moderação está a cargo de José Godinho Calado, diretor Regional de Agricultura do Alentejo e Claudino Matos avançou, igualmente, as questões que estão “em cima da mesa”, neste segundo dia de seminário.

Neste seminário as questões da PAC – Política Agrícola Comum também são abordadas, centrando atenções no pilar das alterações climáticas, tal como referiu Claudino Matos, revelando que se espera que o evento seja encerrado pelo ministro da Agricultura, Capoulas Santos.

A 36ª Ovibeja, que se realiza de 24 a 28 de Abril, no Parque de Feiras e Exposições Manuel de Castro e Brito, é organizada pela ACOS – Associação de Agricultores do Sul.


Comente esta notícia

Galeria de fotos