Sensibilização Ambiental

Segundo o comunicado da EPC, a marcha “visa sensibilizar a população de Cuba para as causas ambientais e mostrar que a Escola Profissional de Cuba, se associa à preocupação generalizada dos Jovens em todo o Mundo, pelas agressões ambientais a que o nosso Planeta tem sido alvo”.

De acordo com o documento, os alunos daquela instituição de ensino consideram urgente “determinar e aplicar medidas expeditas que visem a neutralidade carbónica, bem antes de 2050, no caso de Portugal”.

Além disso, veem como indispensável, “apostar em alternativas tecnológicas que substituam os combustíveis fósseis”, assim como “apostas em medidas nacionais e globais de reflorestação do planeta”.

Os alunos realçam, também, a ideia de que “a União Europeia e as Nações ricas do Mundo, apoiem e sustentem financeiramente os países em vias de desenvolvimentos, impedindo-os de apostarem em tecnologias sujas”.


Comente esta notícia