Álvaro Cunhal

Álvaro Cunhal é, no século XX e na passagem para o século XXI em Portugal, uma das personalidades que mais se destacou na luta pelos valores da emancipação social e humana, com forte projecção no plano mundial. Cedo fez uma opção de classe pelos direitos dos trabalhadores, foi militante e dirigente comunista. Interligou a sua intervenção política com um apaixonado interesse em todas as esferas da vida, nomeadamente por via da criação artística.

Este ano decorrem, a nível nacional, as comemorações do Centenário do seu nascimento, iniciativa à qual a Câmara Municipal de Castro Verde se associou com um programa que começa hoje se prolonga até 8 de Junho.

Hoje são inauguradas três exposições alusivas a Álvaro Cunhal: "Vida, Pensamento e Luta: Exemplo que se projecta na actualidade e no futuro"; "Desenhos de Prisão de Álvaro Cunhal" e Desenhos de Rogério Ribeiro, ilustrações para o livro "Até Amanhã Camaradas". As Mostras são inauguradas às 18h00, no Auditório do Fórum Municipal de Castro Verde.

Amanhã, 4, o mesmo espaço é palco da peça de teatro "Os Barrigas e os Magriços" pelo Teatro Fórum de Moura e Teatro Extremo, em duas sessões dedicadas aos alunos dos agrupamentos de escolas de Castro Verde.

No dia 6, o Fórum recebe um colóquio sobre "Vida e Obra de Álvaro Cunhal" dinamizado por Abílio Fernandes e no dia 7 a proposta é o filme "Até Amanhã Camaradas".

As comemorações do Centenário do nascimento de Álvaro Cunhal terminam no dia 8 com um espectáculo musical evocativo. A decorrer no Cineteatro Municipal, a partir das 21h30, conta com as participações de Luísa Bastos, Lúcia Moniz, Samuel e o grupo coral "Os Ganhões" de Castro Verde.  


Comente esta notícia