Comboio Beja

Ultrapassando as primeiras mil assinaturas, no final deste mês, frisa o movimento, torna-se “desde logo obrigatória a audição dos peticionários pela Comissão Permanente a quem for atribuída a responsabilidade pelas obras públicas, o que irá recolocar também na ordem do dia o agendamento da Petição "Plataforma Alentejo-Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo nas ligações Nacional e Internacional".

José Soeiro, do AMAlentejo, explica porque há necessidade de voltar a esta matéria, ou seja a eletrificação e modernização da linha férrea Beja/Casa Branca/Funcheira, frisando que este deve ser o “mais estudado e fundamentado” dos projetos.

Avançar, imediatamente, com a eletrificação e modernização da linha do Alentejo é o objetivo principal desta petição e para que isso aconteça é preciso levar de novo esta questão à Assembleia da República, ao Governo e à Presidência da República. A petição pode ser lida e assinada no link:https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT94829. Ultrapassar as mil assinaturas no final deste mês é o objetivo que o AMAlentejo se propõe alcançar até dia 31.



Comente esta notícia

Pela inclusão do interior no itenerario nacional

Ana Paula Nunes Raposo

29/10/2019

Galeria de fotos