Jornadas Parlamentares PS

E foram estas as certezas que o primeiro-ministro deixou no distrito de Beja, sem esquecer o Alqueva e o grande dinamismo que, nas suas palavras tem dado, e vai continuar a dar, à região.

No seu discurso, António Costa nada esclareceu sobre os projetos estruturantes, reivindicados há décadas para o distrito, nomeadamente no que à ferrovia, à rodovia e ao Aeroporto diz respeito. Mas deixou claro que é preciso aprovar os planos de investimentos que estão em discussão, ou seja o PNPOT e o PNI 2030, que definem os investimentos no Interior para a próxima década e que não contemplam, até ao momento, qualquer investimento para acessibilidades no distrito de Beja.

Pedro do Carmo, o deputado do PS eleito por Beja, também discursou no encerramento das Jornadas Parlamentares, fazendo rasgados elogios ao investimento efetuado pelo PS, em Alqueva e pedindo ao Governo que continue a investir na região, principalmente nas acessibilidades de que tanto precisa.

O primeiro-ministro avançou ainda, nas Jornadas Parlamentares, que terminaram nesta terça-feira, no distrito de Beja, que o PS já está a pensar na próxima legislatura, que será a continuidade da atual.



Comente esta notícia

Galeria de fotos