Castro Verde

Naquele contexto, António José Brito assume o compromisso de que a acção social e a prestação de cuidados às pessoas que mais precisam vão ser uma prioridade para si, no caso de ser eleito, anunciando desde já, cinco propostas concretas, que passam pela aquisição de uma Unidade Móvel Social e de Saúde; pela criação de um sistema de tele-assistência para pessoas idosas que vivam isoladas; pela partilha de técnicos, serviços e meios comuns às IPSS; pela implementação de medidas extraordinárias de apoio a desempregados carenciados, com redução nas diferentes tarifas da autarquia e pelo reforço do orçamento e implementação do Cartão Social.

Na apresentação das suas propostas e na nota de imprensa enviada à nossa redacção, António José Brito diz que apesar de existir em Castro Verde, uma Rede Social com boas competências e excelentes profissionais, que tem faltado à Câmara, a capacidade e a vontade necessárias para, em sede do Conselho Local de Acção Social (CLAS), assumir um papel coordenador, capaz de criar respostas mais prontas e eficientes.

 

Comente esta notícia