arte non stop

Até ao próximo dia 16, a arte acontece na vila museu nas suas diferentes linguagens, pintura, desenho, música, dança, cinema e também na conversa.

A exposição “A informalidade do desenho-a arte no prato e o prato na arte” que é, hoje, inaugurada é a primeira iniciativa da edição 2019 da Arte Non Stop. Amanhã, no Cine-teatro Marque Duque, realiza-se o concerto com Frankie Chavez e no dia 15 sobe a este mesmo palco o grupo “Andrage”.

A Arte Non Stop sendo um evento de promoção das artes num contexto de periferia e interioridade inclui na sua programação a realização, no dia 11, no núcleo de Arte Sacra do Museu de Mértola, a conferência “Arte e Periferia”. A ideia é reunir um conjunto de especialistas para todos juntos reflectir sobre as condicionantes, as identidades artísticas e os contextos de inspiração de lugares periféricos, como é o caso do concelho de Mértola.

O programa da edição 2019 da Arte Non Stop inclui ainda oficinas de artes dedicadas ao teatro e à modelagem, a arte açorda, a iniciativa “À Noite no Mercado”, a tertúlia “Arte como terapia” e conversas de Café com Hugo Beja.



Comente esta notícia