Médico

A Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Beja  aprovou, numa sessão onde participaram mais de 70 pessoas, uma moção em defesa do Serviço Nacional de Saúde. Um documento que foi entregue no Hospital José Joaquim Fernandes em Beja.
Segundo o documento, na Saúde, 2os escandalosos aumentos das taxas moderadoras, o aumento do preço médio dos medicamentos e a sua não comparticipação, o encerramento de serviços de saúde de proximidade, a redução do número dos técnicos da saúde, o não pagamento de transporte na deslocação dos doentes portadores de doenças crónicas aos serviços de saúde, contribuem não só para a degradação do SNS como dificultam de forma significativa o acesso aos cuidados de saúde".
Valverde Martins, presidente da Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Beja, afirma que este governo tem tentado destruir o Serviço Nacional de Saúde.
Na moção o Hospital de Beja também é referenciado devido à decisão do Ministério da Saúde tendo em vista a diminuição de camas naquela unidade hospitalar. 


Comente esta notícia