Atlas Ferreira

Situada numa pequena elevação, rodeada de extensas planícies, a vila de Ferreira do Alentejo encontra-se no extremo sul deste concelho e no seu limite com os concelhos de Aljustrel e Beja.

O concelho de Ferreira do Alentejo tem uma área de 648,5km2 e uma população de 8255 habitantes, distribuídos por 4 freguesias: União de Freguesias de Alfundão e Peroguarda, União de Freguesias de Ferreira do Alentejo e Canhestros, Figueira de Cavaleiros e Odivelas.

O topónimo da vila está intimamente ligado a uma tradição popular, a lenda da cidade de Singa, que afirma que por volta do século V uma valorosa mulher, esposa de um ferreiro, defendeu o povoado dos invasores bárbaros.

Do património edificado de Ferreira do Alentejo, destaca-se a igreja matriz, que já sofreu desde a sua construção diversas obras de restauro.

Do ponto de vista económico, relativamente à vila de Ferreira, a principal fonte de rendimento são os serviços e o comércio. Nas restantes freguesias, a agricultura continua a desempenhar um papel preponderante, tendo sofrido um desenvolvimento com a implantação do regadio, devido ao Alqueva. Se antes se destacava a cultura de sequeiro, hoje, desenvolvem-se as produções de amendoal e de olival intensivo e superintensivo, fazendo de Ferreira do Alentejo, a capital do azeite.

A Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo é liderada por Aníbal Costa, do PS, que está a completar o terceiro mandato, consecutivo, à frente dos destinos desta autarquia. Nas eleições autárquicas de 2013, o PS venceu com 2.350 votos, mais 921 do que os obtidos pela candidatura da CDU.

Nas autárquicas 2017 apresentam-se a votos em Ferreira do Alentejo: o PS, que aposta em Luís Pita Ameixa, a CDU que tem como cabeça de lista Paulo Conde e o PSD, coligado com o CDS-PP, que tem José Pereira a liderar a candidatura.

Quanto às freguesias do concelho, ou seja a União de Freguesias de Alfundão e Peroguarda, a União de Freguesias de Ferreira do Alentejo e Canhestros, a de Figueira de Cavaleiros e a de Odivelas são todas lideradas pelo PS.

Luís Pita Ameixa, cabeça de lista do PS à Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo, revela que esta é uma candidatura que resulta de um verdadeiro movimento popular de apoio e que pretende dar continuidade ao trabalho realizado, abrindo um novo ciclo que aposta na qualidade de vida das pessoas.

Paulo Conde, cabeça de lista da CDU à Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo, frisa que esta é uma candidatura que quer mudar o rumo deste concelho que tem sido governado pela mesma força política há 25 anos. Acrescentou que a CDU sente que as pessoas estão afastadas da vida política em Ferreira e que quer colocá-las de novo a participar.

José Pereira, cabeça de lista do PSD/CDS-PP à Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo, afirma que a candidatura que lidera quer criar condições para dignificar a vida das pessoas e que é este o combate que vai levar até ao dia 1 de outubro.

Depois de percorridos 13 concelhos do distrito de Beja, o Atlas Autárquicas 2017 da Voz da Planície fica suspenso por uns dias para regressar segunda-feira, dia 25, com o Atlas do concelho de Beja, data em que termina, igualmente, o seu périplo.


Comente esta notícia