Atlas Mértola

O concelho de Mértola ocupa uma extensão de 1292 km2 e faz fronteira a Norte com o concelho de Serpa, a Oeste com Castro Verde e Almodôvar, a Sul com o concelho algarvio de Alcoutim e a Este com Espanha.

O concelho tem uma população de 7274 habitantes, distribuídos por 7 freguesias: Alcaria Ruiva, Corte do Pinto, Espírito Santo, Mértola, Santana de Cambas, São João dos Caldeireiros e a União de Freguesias de São Miguel Do Pinheiro, São Pedro de Sólis e São Sebastião dos Carros.

O povoado circundado pela velha muralha é marcado pela herança cultural de vários povos que aqui se cruzaram e lhe conferem, hoje, o rótulo de vila museu. As origens de Mértola (Myrtilis) remontam ao tempo dos fenícios, que aqui estabeleceram um importante porto comercial, aproveitado depois por romanos e árabes. Os testemunhos desta história milenar podem hoje ser contemplados nos diferentes núcleos museológicos e em alguns vestígios monumentais dispersos pela vila, mas o mais importante legado da história encontra-se nas pequenas marcas da vida quotidiana e nas memórias de muitos gestos e saberes que perduram até aos dias de hoje.

Nos anos oitenta a Vila de Mértola, através da arqueologia, começou a descobrir e a conhecer melhor o seu passado e a transformar esse imenso património em fator de desenvolvimento económico e cultural. Edifícios de grande monumentalidade permitem que qualquer visitante identifique a presença dos romanos, na então Myrtilise na Mina de S. Domingos.

Aliado a um extenso património cultural, o concelho de Mértola possui uma riqueza ambiental, cinegética, cultural e desportiva que constitui um motor de revitalização da economia local, através da aposta num turismo sustentado em que as entidades locais participam ativamente.

Capital Nacional da Caça, Mértola celebra a excelência cinegética do concelho e a gastronomia associada ao produto caça, na tradicional Feira de Caça.

A Câmara Municipal de Mértola é liderada por Jorge Rosa, do PS, que está a completar o segundo mandato, consecutivo, à frente dos destinos desta autarquia. Nas eleições autárquicas de 2013, o PS venceu com 2.390 votos, mais 231 do que os obtidos pela candidatura da CDU.

Nas autárquicas 2017 apresentam-se a votos em Mértola: o PS, que aposta de novo em Jorge Rosa, a CDU que tem como cabeça de lista Orlando Pereira e o PSD, que tem David Encarnação a liderar a candidatura.

Quanto às freguesias do concelho, Mértola, Santana de Cambas, Corte do Pinto e União de Freguesias de São Miguel Do Pinheiro, São Pedro de Sólis e São Sebastião dos Carros são lideradas pelo PS. As de Alcaria Ruiva, Espírito Santo e São João dos Caldeireiros têm a CDU à frente dos seus destinos.

Jorge Rosa, cabeça de lista do PS à Câmara Municipal de Mértola, afirma que tem feito oito anos "de excelência", identifica as áreas onde investiu e assegura que lidera uma candidatura de credibilidade, assente no trabalho efetuado.

Orlando Pereira, cabeça de lista da CDU à Câmara Municipal de Mértola, frisa que a candidatura da Coligação aposta num modelo de desenvolvimento feito por, e pelas, pessoas e que tem como principal objetivo contrariar a desertificação, e despovoamento, deste território.

David Encarnação, cabeça de lista do PSD à Câmara Municipal de Mértola, releva o facto, de estar à frente de uma candidatura com gente da terra, conhecedora da realidade do concelho e que defende uma maior integração num desenvolvimento económico sustentado, que vai muito para além do turismo.


Comente esta notícia