Outeiro do Circo Escavações

Segundo os responsáveis do projecto, o município informou que não teria condições financeiras e logísticas para garantir o apoio solicitado para a concretização dos trabalhos no terreno, mantendo a disponibilidade para colaborar nas actividades de divulgação incluídas na proposta apresentada. Depois desta resposta, os responsáveis do Outeiro do Circo assumiram a possibilidade de reformulação do projecto para que este fosse ao encontro das condições que a autarquia de Beja considerasse adequadas para garantir o apoio que viabilizasse a sua continuidade.

Miguel Serra, um dos arqueólogos responsáveis pelas escavações no Outeiro do Circo, afirma que a tentativa de negociação não mereceu até ao momento qualquer resposta por parte do executivo municipal, por isso, considerando os prazos necessários para toda a organização necessária à boa concretização das várias vertentes do projecto, não estavam reunidas condições para a sua execução.

Ainda segundo, Miguel Serra, no próximo ano tudo será feito tendo em vista a apresentação de uma nova candidatura à Câmara de Beja.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara Municipal de Beja, afirma que as condições logísticas e financeiras que foram apresentadas pelos responsáveis do projecto do Outeiro do Circo são incomportáveis para o município.







Comente esta notícia