Faceco 2017

A Câmara Municipal de Odemira está a iniciar um plano de valorização do rio Mira com vista a preservar, valorizar e criar novas atividades e atratividades junto ao rio.

O plano que agora está em construção assenta na valorização de um percurso navegável entre Odemira e Vila Nova de Milfontes e de um segundo percurso, com maiores dificuldades de navegação, entre Odemira e a barragem de Santa Clara.

As ideias preliminares que sustentam esta vontade de intervir assentam em quatro vertentes: a utilização do espelho de água para recreio e lazer; o uso das margens para a prática de BTT e caminhadas; a observação de aves e a recuperação da história do rio através da arqueologia.

Em São Teotónio, José Alberto Guerreiro, presidente da Câmara Municipal, explicou aos jornalistas que este plano estratégico pretende dar continuidade a outras ações e projetos já executados ao longo das margens do Mira. O autarca frisa ainda que este projeto pode vir a revolucionar todo o sudoeste de Portugal.

Após a apresentação das ideias preliminares, a autarquia de Odemira vai avançar para a elaboração do Plano Estratégico e Operacional de Valorização do Rio Mira. O financiamento das intervenções futuras deverá ser garantido pelo Municipio de Odemira, Fundo de Recursos Hídricos, Fundo Valorizar, Alentejo 2020 e pelo próximo Quadro Comunitário de Apoio.

Entretanto, vivemos hoje o último dia da Faceco, em São Teotónio. Da programação deste domingo destacamos o 29º Concurso da Raça Limousine - Prémios Finais e o 14º Concurso Regional da Raça Holstein Frísia. Ao longo do dia a TVI transmite a partir da Faceco o programa Somos Portugal.

Ao final da tarde pode assistir ao workshop de corte de presunto e sabores de porco alentejano. À noite, pelas 21h30, Rita Redshoes encerra esta edição da Faceco com um concerto no palco principal da feira.


Comente esta notícia

Galeria de fotos