Autárquicas 2013 - Aljustrel

A Vila mineira, que teve na década de 60 o dobro da população actual porque, em função do encerramento das Minas de S. Domingos, se tornou o mais importante polo mineiro do País, tem neste momento cerca de 9 250 habitantes distribuídos por cinco freguesias. São elas Aljustrel, Ervidel, Messejana, Rio de Moinhos e S. João de Negrilhos. Na reorganização administrativa as freguesias de Rio de Moinhos e a de Aljustrel vão ser agregadas dando origem à União de Freguesias de Aljustrel e Rio de Moinhos.

Ao longo dos 37 anos de Poder Local Democrático, Aljustrel conheceu apenas três presidentes de Câmara. Durante os primeiros quatro mandatos, entre 1976 e 1985, o autarca, que também foi professor, sempre escolhido pela população de Aljustrel foi António Alexandre Raposo. Primeiro foi eleito pela FEPU - Frente Eleitoral Povo Unido e depois pela APU - Aliança Democrática Unitária.

Nos cinco mandatos seguintes, entre 1989 e 2005 a força mais votada em Aljustrel foi a coligação PCP/PEV sempre com António José Godinho, como cabeça de lista e como presidente de Câmara. O economista fez cinco mandatos à frente dos destinos do concelho de Aljustrel ao serviço da CDU.

Nas últimas eleições, em 2009, a população aljustrelense decidiu mudar a cor do seu voto e elegeu o socialista Nelson Brito. Um dado curioso é que nas Legislativas de 2011 o concelho mineiro deu a vitória ao PCP.

No cenário das próximas autárquicas, Nelson Brito vai recandidatar-se pelo PS. A Coligação Democrática Unitária (PCP/PEV) aposta num dos rostos do concelho, enquanto vereador durante vários mandatos, o aljustrelense Manuel Camacho. Manuel Camacho foi ainda presidente da Câmara de Aljustrel pela CDU entre Março e Outubro de 2009, após a saída de José Godinho para assumir o cargo de vice-presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo. Foi também vereador na Câmara de Beja. Militante do PCP, Camacho tem 57 anos e é bacharel em Engenharia Electrotécnica. Para a Assembleia Municipal de Aljustrel a Coligação Democrática Unitária recupera a influência de José Godinho, o rosto dos cinco mandatos anteriores ao PS.  

A escolha do PDS/CDS-PP para Aljustrel é o engenheiro civil, António Miguel Baptista.


Comente esta notícia

Galeria de fotos