camino real

O projeto, que terminará em setembro com um espetáculo de rua de grande dimensão, integra três fases a que a Companhia chamou de I – A Descoberta, II – A Inquietação e III – A Celebração.

A Baal17 revela, em nota de imprensa, que “numa primeira aproximação à obra, juntam-se em palco atores profissionais e amadores, músicos, desportistas, cantadores, novos e velhos, gente que nunca fez teatro na vida e gente que há muito tempo não o experimentava. São mais de 40 pessoas em palco na Descoberta daquele que é considerado o texto maldito de um dos mais admiráveis dramaturgos do século XX”.


Sinopse:

O Camino Real é um estado policial, um pesadelo que inventámos à nossa medida e de onde não poderemos escapar.

Personagens da história e da literatura – Dom Quixote, Casanova, Camille e Lord Byron – habitam um lugar onde a corrupção, a inércia, a indiferença e a ganância paralisaram qualquer um que tentasse escapar. Dividem-se entre dois Hotéis, separados por uma praça, que no seu centro tem uma fonte seca.

Chega, e era esperado, Kilroy – um jovem com “um coração tão grande quanto a cabeça de um bebé. Um coração de ouro puro”.

Kilroy é roubado, enganado, quase desiste…Poderão as violetas quebrar as rochas?


Comente esta notícia