BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME

Participam nesta campanha 40 mil voluntários, devidamente identificados, em 20 regiões do País e Beja é uma delas.

Madalena Palma, do Banco Alimentar Contra a Fome de Beja, frisou que com esta campanha volta-se a apelar à generosidade do público e que vão estar no terreno, distribuídos pelo distrito, em todas as superfícies comerciais e armazéns, 1500 voluntários.

Participar na campanha é simples, bastando para isso aceitar um saco do Banco Alimentar e à saída devolvê-lo ao voluntário com bens alimentares destinados aos mais carenciados - de preferência produtos não perecíveis, como leite, atum e salsichas, azeite e óleo, açúcar, farinha, massas, arroz, etc.

No final, o resultado é distribuído localmente - ainda com recurso ao voluntariado - a pessoas com carências alimentares, por intermédio de instituições de Solidariedade Social, previamente seleccionadas e acompanhadas ao longo do ano e Madalena Palma revelou à Voz da Planície que, no distrito de Beja, vão ser contempladas 2700 pessoas, identificadas por diversas instituições.

Será também possível contribuir até 8 de Dezembro na campanha "Ajuda Vale", bastando pedir um vale nas caixas dos supermercados com um código de barras específico para os produtos destinados aos Bancos Alimentares.

O Banco Alimentar disponibiliza ainda uma plataforma electrónica em www.alimentestaideia.net para doação de alimentos pela Internet, que permite a participação na campanha de pessoas que habitualmente não se deslocam ao supermercado ou que residam fora de Portugal, nomeadamente os emigrantes.

De acordo com os dados da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, em 2012 foram apoiadas 2.221 instituições de solidariedade que entregaram os produtos alimentares a mais de 389.200 pessoas, sob a forma de cabazes de alimentos ou refeições confeccionadas, num total de 28.323 toneladas de alimentos (com o valor estimado de 39.651 milhões de euros), uma média diária de 113 toneladas por dia útil. Na última campanha realizada, os Bancos Alimentares contra a Fome conseguiram recolher um total de 2.445 toneladas de géneros alimentares.


Comente esta notícia