Mesas de voto

Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, explica o que é o voto em confinamento, criado neste contexto de pandemia e revela que requereram esta forma de voto 50 pessoas, 35 em domicílio particular e 15 em contexto de lar, divididas por 2 lares, num deles votam 5 pessoas e noutro 10.

Os votos são assegurados e recolhidos por uma equipa municipal constituída por 1 vereador, 1 elemento da Comissão Eleitoral Municipal e 1 elemento da Proteção Civil. No caso das freguesias rurais, a equipa integra, ainda, 1 elemento da GNR. Nas equipas podem ir, igualmente, delegados das candidaturas para fazerem o acompanhamento da operação. As declarações são, também, do presidente da Câmara Paulo Arsénio.

Recorde-se que no passado domingo, dia 17, decorreu o voto antecipado. No Município de Beja estiveram disponíveis para os eleitores que o requereram, no Edifício Administrativo do Parque de Feiras e Exposições de Beja, Manuel de Castro e Brito, duas mesas de voto. Num universo de 789 inscritos para voto antecipado exerceram o seu direito 386 pessoas, ou seja 80,25%. Os 20% que não votaram poderão fazê-lo no próximo domingo, dia 24, junto da respetiva secção de voto.


Comente esta notícia