CENTRO UNESCO BEJA

Em nota de imprensa, a Câmara de Beja, recorda que este Centro resulta de uma vontade expressa do Município, da UNESCO e parceiros, como a Direção Regional de Cultura do Alentejo, o Centro Nacional de Cultura, a Fundação Aga-Khan, o CENA - Sindicato dos Músicos, dos Profissionais do Espetáculo e do Audiovisual, a MODA - Associação do Cante Alentejano e a Confraria Gastronómica do Alentejo, em salvaguardar e promover as várias manifestações do património cultural intangível.

No documento da autarquia é revelado que o "CEUSPCI pretende assumir a missão" da "inventariação de práticas e saberes populares, a promoção do Cante Alentejano e de outras manifestações musicais tradicionais e a implementação do programa UNESCO «Tesouros Humanos Vivos», valorizando os portadores de memória e sabedoria de inegável valor universal".

Para o dia da inauguração, a Câmara de Beja preparou um vasto programa de atividades que começam às 09.00 horas, com o atelier para crianças "Artes e Ofícios d’Antigamente" e que continua às 18.00 horas, com uma cerimónia, no edifício do antigo Clube Bejense, Rua do Sembrano. Nesta data é feita ainda, a apresentação da exposição fotográfica Cante: Alma do Alentejo, da foto-jornalista Ana Baião e haverá um apontamento musical a cargo das Vozes Búlgaras Angelite e Cantadores do Desassossego, que atuam neste mesmo dia, pelas 22.00 horas, na Praça da República, com a participação de António Zambujo.


Comente esta notícia