Câmara Beja
Os documentos agora aprovados consolidam a estratégia de desenvolvimento desenhada pelo executivo municipal, assente num conjunto de projectos e obras em curso, bem como o lançamento de importantes investimentos para 2017.

No conjunto de intervenções previstas, destacam-se o programa de arruamentos, o projecto da Rua da Lavoura e toda a zona envolvente e entrada da cidade, a programação e oferta cultural, designadamente nas noites de Verão e uma aposta nas zonas verdes e limpeza com aquisição de novos meios.

As principais linhas do Plano de Actividades, no valor de 33,2 milhões de euros, foram reveladas por Sónia Calvário, vereadora da Câmara Municipal de Beja.

No que respeita aos impostos municipais, com base nos resultados alcançados com a contenção da despesa e o equilíbrio das contas do município e apesar de se manter o incumprimento da Lei de Finanças Locais, a Câmara Municipal, decidiu reduzir a taxa de IMI aplicável no concelho de 0,38 para 0,36, como afirma Sónia Calvário.

Quanto à acção política, o Município de Beja reitera a urgência da conclusão do IP2 e IP8, da requalificação/electrificação da linha ferroviária Beja/Lisboa e do aproveitamento do Aeroporto de Beja, defendendo esta estrutura como, entre outras valências, complementar ao aeroporto de Lisboa.

Comente esta notícia