25 abril

Considera a CDU que o retomar desta Sessão faz todo o sentido uma vez que uma das consequências mais marcantes da Revolução dos Cravos se traduz no Poder Local Democrático, que se exerce, entre outros órgãos, precisamente na Assembleia Municipal.  

A CDU afirma que  “no presente mandato estas sessões deixaram de se efectuar, empobrecendo o conjunto das comemorações de uma data fulcral na História de Portugal, cujo significado não deve ser esquecido nem menorizado com um programa centrado quase exclusivamente em eventos de carácter lúdico e festivo, como tem vindo a acontecer”.

A CDU considera que esta “é uma efeméride que deve ser celebrada com alegria, dado que devolveu ao povo português o mais inestimável dos bens, a Liberdade, mas cujo profundo significado exige igualmente uma abordagem que permita salientar a relevância social e histórica desta data, que não deve ser esquecida e deve constituir uma lição de vida para as gerações mais jovens, já que, num mundo em que quotidianamente se assiste a tentativas de branqueamento do passado, lembrar os valores de Abril torna-se, cada vez mais, um imperativo na construção de um futuro mais justo, livre e solidário”.



Comente esta notícia

Galeria de fotos