setembro amarelo

Para além de Beja há outras cidades e vilas do distrito que recebem, igualmente, atividades relacionadas com o “setembro amarelo”, ou seja um mês de informação sobre o suicídio e maneiras de o prevenir. As declarações são de Ana Matos Pires, presidente da Direção da ARIS - Associação de Reabilitação e Integração Social da Pessoa com Experiência de Doença Mental, que recordou como vieram para Portugal as atividades do “setembro Amarelo” e quais são os locais que recebem iniciativas.

Assim e no âmbito desta campanha, ao longo de todo este mês de setembro, realizam-se diversas atividades com atenções centradas em quatro aspetos, nomeadamente a carrinha “setembro amarelo”; a iniciativa Cycle Around The World; a comunicação social, para se discutir como se comunica saúde e suicídio e ainda, o espaço e saúde mental. As declarações são também de Ana Matos Pires.

A segunda atividade, em Beja, é já na próxima segunda-feira, 10 de setembro, Dia Mundial da Prevenção do Suicídio e data em que se realiza o colóquio: Noticiar o Suicídio. A cafetaria do Pax Julia – Teatro Municipal de Beja foi o cenário escolhido para este colóquio, que tem lugar das 10.00 horas às 13.00 horas e que conta com as participações de Joana Isaac, Mariana Duarte Mangas e Paulo Barbosa, da ULSBA e dos jornalistas Rita Marrafa de Carvalho, da RTP, Liliana Valente, do Jornal “Público”, Ana Elias de Freitas, da Rádio Voz da Planície de Beja e Paulo Barriga, do Diário do Alentejo.


Comente esta notícia