Rastreio do Cancro da Pele

Arminda Palma, coordenadora do Grupo de Apoio de Beja da LPCC, explica porque é que as pessoas devem fazer este rastreio.

O rastreio é realizado por dermatologistas e para se poder inscrever deve reunir um dos seguintes critérios: ter historial de cancro de pele pessoal ou na família; ter fototipo baixo (pele clara, olhos azuis/verdes, cabelos claros); ter mais de 50 sinais; ter uma profissão que implique grande exposição solar e ter mais de 50 anos.

As inscrições e marcações podem ser feitas diretamente no Grupo de Apoio de Beja, tal como esclarece Arminda Palma.


Comente esta notícia