Beja na Rua banner

Música, arte urbana, artes plásticas, teatro, dança, poesia e cante alentejano preenchem o programa que tem o centro histórico como "palco de excelência para a promoção artística". Os espetáculos e as iniciativas do festival decorrem em vários espaços do centro histórico de Beja, como a Praça da República, a zona das Portas de Mértola, o Largo do Museu Rainha D. Leonor, o Jardim do Bacalhau e o Largo de S. João.

Espetáculos de música, com miniconcertos, animações de rua, intervenções de arte urbana, exposições, performances de dança e poesia, workshops, um piquenique literário e a sessão "Contos com comédia", pelo contador de estórias e humorista Jorge Serafim, são algumas das ofertas do evento.

Entre os espetáculos musicais previstos para a Praça da República, em julho, destacam-se os concertos dos Adiafa e da banda cabo-verdiana Ferro Gaita, no dia 1, da artista guineense Eneida Marta e de Kumpania Algazarra, no dia 2, dos Virgem Suta, no dia 9, de Tim, no dia 15, e de António Zambujo, a fechar o festival, no dia 16.

O festival apresenta ainda, sete exposições para mostrar trabalhos dos artistas plásticos António Paizana, Dilar Pereira, João Charrua, Leonel Borrela, Niurca Bou e Rico Sequeira e do cartoonista Luís Afonso.


Comente esta notícia