Prémio Boas Práticas Voluntariado Jovem

“O Projeto de Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas Urban Forestry,” revela a nota de imprensa da Câmara Municipal de Beja, “foi reconhecido pelo excelente exemplo de boas práticas, uma vez que, conjuga as vertentes ambiental, defesa da floresta, limpeza das matas municipais e prevenção de incêndios”.

Paulo Arsénio, presidente da Câmara Municipal de Beja recebeu este prémio que enaltece o trabalho do Município no âmbito do Programa de Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas 2018, onde 13 jovens voluntários patrulharam matas da cidade de Beja de 1 de julho a 15 de outubro.

O prémio monetário, no valor de 500 euros, será reinvestido na compra de 2 bicicletas que ficarão afetas a este projeto, onde os voluntários vigiam as matas da cidade, procedem a ações de limpeza e conservação dos espaços florestais, sensibilizam os utentes para o flagelo dos incêndios e sinalizam áreas de risco.

Nesta Sessão Nacional de entrega dos Prémios do Associativismo Juvenil, Estudantil e Voluntariado foram apresentados projetos de referência em Portugal.

Além dos jovens premiados de todo o país e colaboradores do IPDJ, estiveram presentes a Vogal do Conselho Diretivo do IPDJ, Silvia Vermelho, o Diretor Regional do Alentejo do IPDJ, Miguel Rasquinho, o Comendador Rui Nabeiro e o Secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo.


Comente esta notícia