Beja Romana 2016

Cortejo, dança, teatro, música, falcoaria e mercado são algumas das propostas inseridas no programa da III Beja Romana, centrado na Praça da República, local onde se situava o fórum romano e onde estão identificados dois templos da mesma época.

"O Triunfo do General", é o tema deste ano. Corria o Século I a .C., quando Quinto Sertório (General) à frente de um valeroso exército celebrou triunfante as suas vitórias sobre os territórios da Lusitânia, na cidade à qual Júlio César viria a atribuir o nome de Pax Júlia (hoje cidade de Beja). Este general, fez-se acompanhar de uma multidão de colonos e escravos, fazendo-se receber de forma triunfal. É este acontecimento que se pretende recriar, em 2016.

O cortejo inaugural da III Beja Romana realizou-se na manhã de sexta-feira e contou com centenas de crianças do Agrupamento de Escolas Nº 2 de Beja, assim como participações das Escolas de Santa Maria e Santiago Maior. A III Beja Romana propõe desfiles para a manhã e tarde de sábado, assim como para a tarde de domingo, mas confinados aos espaços do centro histórico, onde se centra a programação.

A vereadora Sónia Calvário explica que este tipo de evento, para além de contribuir para a revitalização do centro histórico é também, ilustrativo dos bons resultados das parcerias, assim como da participação da população e associações nas atividades do Município.

A Câmara de Beja organiza a Beja Romana, com o Agrupamento de Escolas Nº 2, que tem um envolvimento direto, entre outros aspetos, na realização dos cortejos, conta com entidades parceiras, como a Cercibeja, instituição que se responsabilizou pela realização dos artefactos e acessórios dos desfiles e com as associações que garantem a animação dos diferentes espaços do evento.


Comente esta notícia

Galeria de fotos