Ministra Agricultura

A EDIA gere, desde meados de Outubro, uma bolsa de terras na zona de influência de Alqueva. A informação foi prestada pela Ministra da Agricultura, Assunção Cristas, na recente visita que efectuou ao concelho de Beja. A bolsa de terras já tem 250 hectares disponíveis para arrendamento ou para compra conforme o interesse das partes envolvidas. Além de terrenos do Estado, de entre os quais alguns são propriedade da EDIA em resultado de expropriações, a bolsa de terras integra outras pequenas parcelas de particulares que, sem condições para regar optaram, em alternativa, por integrar a bolsa.

Nos 68 mil hectares de terra já infraestruturados para regadio, a taxa de adesão à rega é, neste momento, de 64 por cento o que, na óptica da Ministra da tutela, é positivo. Mas, é objectivo do Ministério da Agricultura ir mais longe: A par da promessa de concluir a obra em 2015, o propósito é garantir que aquilo que vai sendo infraestruturado é efectivamente utilizado em prol da produção agrícola nacional, explica Assunção Cristas".

Com uma bolsa de terras já criada na área dos 20 concelhos que integram a zona de influência de Alqueva, a EDIA é a entidade com competências delegadas para a gestão desta bolsa.

As declarações da Ministra da Agricultura na visita que efectuou a Beja podem ser ouvidas, na íntegra, mais logo, no programa "Agricultores do Sul" que vai para o ar a partir das 18h00.


Comente esta notícia