águia imperial ibérica

O acompanhamento ao longo da época de nidificação permitiu identificar, em Julho do ano passado, três crias quase prontas a voar, este foi um facto extraordinário pois representa uma expansão da presença da espécie para uma região entre duas áreas onde a espécie já está estabelecida, a região de Moura/Barrancos e a região do Vale do Guadiana/Castro Verde, revelando o potencial de continuidade entre áreas de distribuição da espécie.

Com a integração do concelho de Serpa na diminuta área de distribuição da águia-imperial, o Projecto LIFE Imperial iniciou uma parceria com a Câmara Municipal, já materializada em reuniões de apresentação do Projecto, uma apresentação na Academia Sénior e a publicação de um artigo no boletim “Serpa Informação”. O município de Serpa foi convidado para aderir à Rede de Custódia para a conservação da águia-imperial, sendo agora mais uma Guardiã desta espécie ameaçada.

Segundo a equipa da LPN do LIFE Imperial “a colaboração futura em prol da conservação da espécie passará pela realização de acções de sensibilização e divulgação, incluindo um Dia Aberto LIFE Imperial, a participação nas Jornadas da Biodiversidade de Serpa, a leitura do conto “As aventuras de Aquiles e Albertina” e a realização da exposição “A extraordinária Águia-imperial-ibérica”.



Comente esta notícia