Grupo Coral Pias

Grupos corais do concelho e outros convidados mostram, hoje e amanhã, como se dá vida a esta forma tão popular da nossa cultura alentejana.

Tomé Pires, o presidente da Câmara de Serpa, a entidade responsável por esta organização, comenta a propósito desta festa os ganhos que o cante obteve com o facto, de se ter tornado Património Imaterial da Humanidade, em 2014.

A Rota do Cante, com atuação de grupos corais do concelho e convidados, começa às 14.00 horas para se prolongar até às 20.00, seguida de degustação e venda de produtos regionais no Largo Condes de Ficalho.

Na Casa do Cante há neste sábado, às 14.30 horas, o pré-lançamento do CD – projeto dos Cantadores de Paris e às 15.00 horas, a apresentação da Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, com mostra de vídeos produzidos no âmbito do protocolo celebrado com o Município de Serpa. Às 16.30 horas, o programa sugere “Conversando sobre «As Modas», com a participação de Pedro Mestre e António Caixeiro e às 18.00 horas, a apresentação do livro “O Cante à Moda de Pias”, pelo Grupo Coral e Etnográfico “Os Camponeses de Pias”.

O segundo dia de Cante Fest termina, às 21.30 horas, com o concerto pelo Conservatório Regional do Baixo Alentejo, alusivo ao cancioneiro de Manuel Dias Nunes – Quinteto de Cordas e duas vozes.


Comente esta notícia