moços da aldea

O Silarca termina hoje e sugere uma visita aos 30 expositores que compõem a oferta do Festival, assim como às tasquinhas e restaurantes da freguesia e a par de tudo isto, propõe ainda, cante alentejano.

Durante a tarde deste domingo atuam no Silarca: Os Ceifeiros de Cuba, Os Ganhões de Castro Verde, o Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa e os grupos corais de Cabeça Gorda Os Moços da Aldêa, As Moças do Cante e o Infantil da Carpe Diem.

A par do Cante Alentejano, César Salvado, de Ficalho, do Alentejo, do Mundo, estará presente para declamar algumas das suas poesias.

A animação de rua é outros dos momentos e novidades do Silarca e é feita pelo grupo de precursão Pias a Bombar e dos Chocalheiros de Ficalho.


Comente esta notícia