Moços duma Cana

Paulo Nascimento, vereador da Câmara de Castro Verde, fala da importância que assume numa feira como esta, a preservação e valorização da tradição.

Este programa de tradição em torno da vivência da própria feira, tem início nesta sexta-feira à noite, com o tradicional espetáculo do certame, no Cineteatro Municipal de Castro Verde, este ano protagonizado pelo grupo de violas campaniças "Moços D’uma Cana".

David Pereira, do grupo "Moços D’uma Cana, contou à Voz da Planície que esta formação, composta por 11 jovens, começou nos bancos da Escola Secundária de Castro Verde, nas aulas de Educação Tecnológica.

David Pereira prosseguiu explicando como decidiram os jovens desta formação criar uma associação e gravar o CD "Nos Bancos da Minha Escola". Acrescentou que gostaria de ver esta noite, o Cineteatro de Castro Verde cheio e que a Associação quer fazer mais pelo cante e pela construção da viola campaniça neste concelho.

O espetáculo começa às 21.30 horas e vai ser um momento importante para o grupo de jovens tocadores que apresenta o seu primeiro disco "Nos Bancos da Minha Escola", numa altura simbólica para a viola campaniça: a Feira de Castro. Um espetáculo onde se vai ouvir cante a vozes e viola campaniça a partilhar sonoridades com outros instrumentos.


Comente esta notícia