Cante e Fado

Trata-se de um espetáculo de homenagem aos dois patrimónios da humanidade o Cante e o Fado, com início marcado para as 21.30 horas, que conta com as participações do fadista Ricardo Ribeiro, do Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa e dos irmãos Bernardo e Eduardo Espinho.

O Cante Alentejano passou a ser do mundo em novembro de 2014 e está representado neste espetáculo pelo Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa, a formação que em Paris, no palco da UNESCO, deu voz ao contentamento de um povo, pelo reconhecimento desta expressão identitária do Alentejo como Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Fundado em 1928, o Grupo Coral e Etnográfico da Casa do Povo de Serpa é constituído por 25 elementos - que se apresentam em palco com fatos que recordam as profissões de pastor, varejador, almocreve, feitor entre outras. Esta formação, muito galardoada, que participou em filmes e no documentário "O Mundo a Cantar", já atuou em diversos locais do país e do mundo e brinda o público do espetáculo da Rádio Voz da Planície com a sua presença nesta quinta-feira para cantar o Alentejo.

Os bilhetes para o espetáculo de Cante e Fado da Rádio Voz da Planície, com um valor de 7.50 euros, estão à venda na bilheteira do Pax-Júlia - Teatro Municipal de Beja.


Comente esta notícia