Capoulas Santos

O anúncio foi feito pelo próprio Capoulas Santos, este fim-de-semana, no decurso de um colóquio sobre a nova PAC e os sistemas de agricultura extensiva, integrado na Feira do Porco Alentejano em Ourique.

Capoulas Santos foi Secretário de Estado (1995/98) e Ministro da Agricultura (1998/2002), nos governos de António Guterres. Em 2004 foi candidato em 9º lugar nas listas do PS ao Parlamento Europeu e em 2009 subiu para 3º na lista.

Em 2012 foi distinguido com o prémio de melhor deputado ao Parlamento Europeu na área da agricultura e desenvolvimento rural, numa iniciativa da revista de atualidade política \"The Parliament\".

Capoulas é um dos rostos mais visíveis da reforma da Política Agrícola Comum. O eurodeputado assumiu o papel de relator de um dos mais importantes dossiers comunitários, a reforma da Política Agrícola Comum para o período 2014-2020 e que garante um pacote financeiro de cerca de oito mil milhões de euros a Portugal.

Convidado no final do colóquio, pela Voz da Planície, para esclarecer se era por sua vontade que abandonava o Parlamento Europeu, o eurodeputado socialista não quis fazer mais comentários sobre a matéria, remetendo para a Comissão Política Nacional, que reúne amanha para aprovação da lista de candidatos do PS às eleições para o Parlamento Europeu.


Comente esta notícia