CÁRITAS SIMBOLO

O projecto está protocolado com o Centro Distrital da Segurança Social de Beja e proporciona diversas actividades, como apoio às necessidades básicas, apoio psicossocial, formativo, relacional e laboral de forma a serem criadas condições para a autonomia e inserção das pessoas na sociedade, refere a Cáritas, em nota de imprensa.

A integração e acompanhamento das pessoas são realizados por uma equipa constituída por técnicos na área das ciências sociais, com supervisão de um médico psiquiatra.

A Comunidade de Inserção tem capacidade para 22 pessoas, sendo as mesmas integradas num programa com a duração de 18 meses, podendo alargar-se até aos 24 meses, em casos excepcionais.


Comente esta notícia