Castro Verde

A Assembleia Municipal de Castro Verde aprovou por maioria, com cinco abstenções dos eleitos do Partido Socialista, uma moção proposta pela CDU, onde é rejeitado o encerramento dos serviços das finanças.

No documento é rejeitada liminarmente tal hipótese, independentemente do número de serviços a encerrar, tendo em conta o direito igual de qualquer cidadão em qualquer concelho ao serviço público prestado.

Na moção é também afirmado que esta medida seria mais uma forma de contribuir para a desertificação do Alentejo e do interior do País, contrariando qualquer lógica de um desenvolvimento sustentado e equilibrado.

Francisco Duarte, presidente da autarquia de Castro Verde, dá voz aos protesto. Ainda segundo Francisco Duarte a luta pela defesa dos serviços públicos é para já o caminho a seguir.


Comente esta notícia

Galeria de fotos