SIMBOLO CDU

O secretário de estado adjunto e da energia, João Galamba, frisa a CDU de Aljustrel, referiu que “com a abertura das minas de Castro Verde e Aljustrel cresceu a caça, cresceu a agricultura, cresceu a pecuária, cresceu o turismo”. Com “estas ridículas declarações está a tentar passar para os portugueses a perspetiva dos concessionários das minas e não a das populações”, tal como diz Manuel Nobre. O eleito da CDU de Aljustrel fez questão de recordar que “os aljustrelenses sabem o que é conviverem, diariamente, há cerca de uma década a esta parte, com um pó preto que lhes invade as casas, com violentos rebentamentos no subsolo que lhes destrói as casas, com poços centenários que secaram de forma inesperada, com a evaporação de águas ácidas da barragem de rejeitados e com a passagem de uma centena de pesados por dia pelo centro da vila carregados de minério.”

Manuel Nobre prosseguiu frisando que as declarações de João Galamba, no mesmo programa de televisão, “demostraram com clareza a intenção deste Governo sobre o que está em jogo com todo este processo de exploração de lítio”, referindo-se “à Somincor e ao salário de entrada na mina ser de 1.100 euros, o que não corresponde minimamente à verdade, pois o salário base de um operário é de 829 euros, o que comprova a tentativa de desvalorização por parte de um governante da penosidade das funções de um trabalhador mineiro e acima de tudo da precariedade e baixos salários a que estes trabalhadores estão sujeitos.”

“Ainda não fez um mês que este Governo tomou posse e já se percebe como irá ser a sua atuação, agora sem os empecilhos a condicionar o seu desempenho (termo atribuído por alto responsável do PS aos partidos da esquerda parlamentar), e com mais condições para aplicar as suas políticas, que nas questões de fundo sempre têm sido do agrado da direita, se assim não fosse como se compreenderia o recurso à baixa política, à desinformação e à falta de noção do ridículo de alguns ministros e secretários de estado. A credibilidade de um governante é construída através das suas acções”, releva, ainda, a CDU de Aljustrel.


Comente esta notícia