Foto Edifício Sustentável Beja

Naquele documento recordam que o edifício sustentável, com projecto e financiamento assegurado ainda pelo anterior Executivo, chegou a ser um emblema de Pulido Valente, tendo a obra sido adjudicada com pompa e circunstancia em plena reunião de Câmara.

O documento prossegue frisando que iniciada a obra a Câmara não pagou ao empreiteiro e que por esse facto não podia fazer pedidos de pagamento à entidade gestora, tendo o financiamento comunitário, de 85%, sido anulado e o vereador da CDU Miguel Ramalho deu voz a estas declarações. O vereador acrescentou contudo, que apesar de perder o financiamento, o Município teve ou terá naturalmente de pagar ao empreiteiro e que por incompetência da maioria PS, deixaram de entrar nos cofres da autarquia 157 349€, facto de que não podem deixar de ser política e pessoalmente responsabilizados.

Na nota de imprensa, os vereadores da CDU recordam também que a Câmara teve a oportunidade de se pronunciar, em tempo útil, e que decidiu pura e simplesmente não o fazer perante o INALENTEJO, deixando passar o prazo.

O documento termina chamando a atenção para o facto de que, mesmo que venham agora dizer que este investimento não se perde nessa reconversão, tal não corresponde à verdade porque o mesmo, deixa de ser alvo de apoio comunitário a 85%.

 

Comente esta notícia

Bom dia Em virtude desta questão já ter motivado uma \"troca de galhardetes\", no facebook, entre mim e a senhora arquitecta Margarida Duarte, acho oportuno transcrever um dos comentários com que fui brindado. \"Margarida Duarte À semelhança do que se andou por aí a dizer, a propósito do projecto das Portas de Mértola, também este projecto do Edificio Sustentável NÃO FOI elaborado no tempo do anterior executivo.. e como sei isto? Porque estive DIRECTAMENTE ENVOLVIDA no projecto!! Portanto, e só para começar o contraditório, posso dizer que é falso o primeiro parágrafo (começa bem) Não vou esclarecer tudo o resto porque me aborrece estar sempre a corrigir algo que roça a má politica.. Aceito que hajam opiniões diferentes, ideias diferentes, porque é desse \"colorido\" que se dinamiza a democracia.. mas caramba, com falsas declarações é que não.. Que chatice!...\" Cumprimentos Júlio Raimundo

julio raimundo

30/11/-0001

Notícia péssima. Onde está a informação sobre que obra se trata? Data? Qual foi o motivo pelo abandono da obra? Ou seja, nas regras do jornalismo falta o: Quando?, Onde?, Porquê?

João Cardoso

30/11/-0001